Número total de visualizações de página

quarta-feira, 9 de março de 2011

Uma meio de um inteiro

Acabam as histórias todas assim , com um fim triste , pelo menos na vida real .
As histórias é tudo a chorar , chora-se no parto , chora-se a cair por tentar caminhar ,chora-se no casamento , chora-se quando alguem morre , chora-se quando o primeiro amor se vai embora & podia ficar aqui a dizer o porque de chorar por toda a vida .
Primeiro começas a rir , começas com os "olhos vendados" , depois vais tirando a venda e vendo que ele te tem feito , vês bem e depois sim choras .
O meu ponto fraco é dia 11 e isso toda a gente sabe , porque foi ai que eu aprendi a chorar e a rir , foi ai que eu começei a minha historia.
Agora vem um filho da puta e deita-me de novo no chão, faz-me rir mete-me a venda e todo este processo , mutxo rápido.
Enfim as promessas desses playas são sempre as mesmas e as injenuas são as que sofrem e acreditam não posso dizer que as vezes não tenho a sorte de eles quererem ser meus amigos , mas entre tanta chapada e tanta festinha eu já não sei distinguir .
Eles mudam o seu humor conforme as minhas fotos do face .
Um dia eu prometo que eu mando-os todos ir engatar outra e digo que não gosto mesmo nada quando eles me chamam boneca ou até mesmo bby .
No amor tem que se ter um olho aberto e outro fechado e a boca calada .
EU sei que um dia eu vou tornar a ser forte a que se ria quando eles diziam "vou apagar o teu numero ;c " a que se dava ao luxo de dizer as quatro vem ao portão para me levares a casa e o principal a que tem a força de um leão e o coração de pedra  A QUE NÃO CHORA

Sem comentários:

Enviar um comentário