Número total de visualizações de página

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Preto no branco

O que é que voces pensam quando eu vos digo esta palavra amizade ?
Talvez nos momentos que se riram quando a vossa melhor amiga caiu , talvez no sorriso do vosso amigo mais gorduxiinho quando lhe fazes rir ou até mesmo nas fotos estupidas que tiram .
Mas também podem pensar na traição do vosso ex melhor amigo , ou na vossa amiga que namora com o vosso ex , talvez quando se chatearam com aquela maior amigaa .
Agora vamos virar o assunto , pensem que são aquele rapaz q anda sempre sozinho no intrevalo, com aquela mochila grande com imensos livros que parece que vai acampar, nas risadas que dão a olhar para ele e nas vezes que ele diz olá a alguém e essa pessoa lhe vira a cara , vou fazer um texto para ver se conseguem ver como ele se sente ...
- Acordei eram 7:30 segunda-feira , tinha o trabalho de grupo ( que tive de fazer sozinho mais uma vez) de geografia para entregar, tenho de ir tomar banho, odeio esta parte , porque é que a minha mãe mete tantos espelhos em casa?
Tomei banho e começei a vestir-me , quando estava a procurar a roupa , não vi nenhuma camisola da DC , que tanto peço ao meu pai para ter , nem nenhuma camisola da pull , lá ia eu de novo com aquela camisola a dizer Shokir que a minha mãe me comprou o ano passado como prenda de natal e me deu com aquele sorriso que me dá sempre vontade de chorar.
Bem lá vou eu para a escola sozinho de novo , não precebo porque é que o meu vizinho não vem comigo visto que entra á mesma hora que eu e duas salas a seguir á minha.
Entrei com os phones não me apetecia olhar para a cara daqueles chavalos, que tanto se riem da minha roupa e da minha barba.
Como de costume entrei e recebi o meu bom dia habitual da Carolina a unica pessoa que me cumprimenta sem me virar a cara.
Ela sim era prefeita, com aqueles cabelos compridos loiros com os olhos grandes castanhos e sempre com os seus cachecois , pena não passar-mos de olá's .
Entrei na sala e quiz-me sentar ao pé do Luis o rapaz que joga comigo no metin2 , mas ele disse que já estava ocupado por isso fui-me sentar ao fundo da sala com de costume , começamos a apresentar os trabalhos tudo levava uma salva de palmas nos final e muito silencio, quando cheogou a minha vez , começei a apresentar todos se riam, mexiam no telemovel e no final levei um " para a proxima nao faças um trabalho tão longo óh atronhado " vindo de não sei bem quem.
Sentei-me e levei um satizfaz no trabalho que tanto me deu que fazer nas horas de fotografias tiradas por mim e de treino com a minha prima.
Sai-mos para o intrevalo, fui para o campo jogar á bola, como sempre o Luis fazia as equipas e eu fiquei de novo sem poder entrar , fui para trás do bar sentei-me no chão fechei os olhos e pensei naquelas férias do ano passado lá na terra da minha avó , onde andava á vontade com as minhas camisolas do chinês ,com os meus tenis a dizer abdobos em vez de Adidas e com aquele grupo de rapazes e raparigas que andam sempre a chamar-me para ir com eles para a ribeira.
Porque é que aqui não era igual ? Porque é que era o mais parvo ? Queria tanto ter amigos para andar sempre a mandar mensagem , para por uma vez na vida poder levar uma salva de palmas como os outros e para poder falar com a Carolina á vontade, para conseguir que ela viesse comigo até ao cinema ou para ter aquela camisola da DC .


"Para ter a igualdade é preciso saber olhar para os mais fracos"

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Equações

Desculpem lá mas hoje vou escrever imenso visto que eu estou com insonias .i.

Fizemos uma equação , tentamos por tudo com os mesmos denominadores, tentamos não ligar as virgulas que apareciam , mas no final elas faziam-nos falta.
Foi ontem, hoje , antes de ontem e no dia anterior que disse-mos um adeus ou palavras frias que não valiam a pena terem saido da nossa boca.
Ainda te lembras, daquele dia que por um simples gesto discutimos, tivemos que chorar tivemos que voltar ao passado.
Quando tu me dizes um 13 magoa quando eu te digo um 20 também.
voces nao estam a preceber xD , mas nao interessa .
Ontem eu choreii pela segunda vez por ti , mas não pelo adeus pelo ; "eu vou-te proteger e dar-te um sorriso" .
Acho que me fazes falta por mais que eu te diga que não , por mais que tu me agarres nos braços com força, por mais que me mandes dicas escuzadas, por mais que me chames de parva e me digas q eu nao sou verdadeira .
Acredita , quem é que te ia dizer que as fotos são horriveis ou um " ès tão estupido mén -.-'" talvez até sintas falta dos meus ciumes misturados com preoupação .
Acho que as palavras q nos dissemos estão todas viradas ao contrario são sentimentos calados, esperanças perdidas , por essas virgulas que aparecem no meio da nossa cantiga.

"O homem está sempre pronto a negar aquilo que não compreende"